Make your own free website on Tripod.com
Eletronik Girl

Home

Grupos da musica eletronica
Sobre Clubbers
Roupas e acessorios
Toys
Dj's
Marcas
Tipos de som
Fotos da galera
Foto de raves
Flyers
Contato
Grupos da musica eletronica

cyberculture.gif

O grupo foi formado em 90 por Liam Howlett (o principal cerebro musical da banda), Keith Flint (o ensandecido de cabelo "moicano ao contrario" verde), Maxim Reality (o rapper,agitador irado) e Leeroy (o dancarino esqueletico).
O Prodigy apareceu no periodo de pico das raves ao ar livre britanicas. Era uma epoca que ainda nao conhecia a fragmentacao em diversos estilos nem a repressao pesada do governo e da policia.
Mas o Prodigy nunca quis ficar preso a uma cena ou a uma epoca. Progressivamente, seu som foi incorporando influencias de generos
como rock e trash metal, enquanto a banda se esforcava em conquistar novos publicos.
O primeiro single do Prodigy, "What Evil Lurks" (91), saiu so em vinil e vendeu 7.000 copias.
Com seus hits de 91, reunidos no primeiro disco: "The Prodigy Experience", o grupo ajudou a popularizar o uso de batidas de hip hop aceleradas, usadas no drum'n'bass.
A TV inglesa BBC recebeu uma enxurrada de telefonemas de pais alarmados, dizendo que Keith, no video de "Firestarter", estava assustando seus filhos.
O Prodigy teve 11 singles nos 15 mais vendidos do Reino Unido. Os dois ultimos, "Firestarter" e "Breathe", chegaram ao primeiro lugar.

chemica.gif

Apaixonados pelo Hip Hop, House, Techno e o Rock, Tom Rowlands e ED Simons conheceram-se na universidade e juntos frequentavam em todos os finais de semana a casa noturna Most Excellent. La tiveram a ideia de montar um grupo. Surgia entao os Dust Brothers. Na primeira experiencia surgia a faixa Song The Siren com enorme sucesso nos EUA e Europa. Em 1995, a dupla assina com a Virgin Records e, partir dai, surgia o Chemical Brothers. Comecaram, entao, a produzir remixes de outros artistas. Trabalharam com Dave Clarke, Maniac Street Peachers e Noel Gallanger. Ja em 97, montaram seu album Dig Your Own Hole e com o single Block Rocking Beats abocanharam o album triplo de platina.

cyberculture.gif

Dead Cities eh o melhor disco desta dupla tecno formada por Gary Cobain e Brian Douglas. Imagine o melhor do som progressivo dos anos 70 em cruzamento com o melhor da cultura clubber e voce pode ter uma ideia do que eh o som do FSOL. Em Dead Cities, a dupla estica seus roprios limites numa obra conceitual, um Blade Runner sonoro, sobre um futuro sombrio e vivido em cidades idem. O mix eh high-tech e seus samples unem com maestria guitarras do Ozric Tentacles, raps do Run-DMC e flautas de Enzo Morricone. O album funciona melhor num fone de ouvido a todo volume e num ambiente enfumacado.

cyberculture.gif

Quanto ao local de origem da banda ainda nao sei ao certo pois as informacoes sobre esse grupo nao sao faceis de encontar, mas podemos lhes assegurar que a banda eh FRANCESA e ela deve ter comecado por volta de 1992 ou 1993.
Bom a historia de (Guy Manuel e Thomas ou mais conhecidos como "de Homem Christo" e "Bangalter"), eh a mesma de sempre, amigos desde criancas da epoca do colegio, e quando ficaram um pouco mais velhos e comecaram a curtir em festas e outras baladas por ai e tiveram a ideia de fazer o som de algumas festas e raves, porque o pai de Thomas Bangalter um conhecido DJ das famosas Discos os incentivou, entao fizeram um curso de DJ e foram tentar a sorte com a musica, criando algumas muito boas, fazendo uma mistura de TECHNO e FUNK o que ficou demais. (Alguns chegam a falar que eh HOUSE). Como o pessoal das baladas onde eles iam tocar gostou, eles comecaram a tocar suas musicas sempre, ao inves de tocar a dos outros e comecaram a fazer um pequeno mas glorioso sucesso e gravaram alguns singles pela Soma Records, mas um belo dia em uma de suas raves um caca talentos da famosa gravadora Virgin achou muito boa a musica dos caras e foi ai que comecou a fama, comecaram a lancar cds singles pela Virgin Records e logo ficaram nas paradas da Europa, ate que lancaram seu primeiro album "Homework", que estorou nas paradas tambem.




cyberculture.gif